26 de novembro de 2005

Midrash de meia-tigela

1. e depois que eva, mulher de adão
e depois que adão, homem de eva
saíram expulsos do paraíso,
disse deus à serpente:
- bom trabalho, mocinha...

2. e ela serpenteou...
e ela saiu com vagar.

3. e repetiu deus:
- eu disse bom trabalho, mocinha!

4. daí sim...
borraram-se de tanto rir
até o fim do dia sétimo.

3 comentários:

TMara disse...

Lol*, k deliciosa abordagem...bom feriado. Bjs e ;)

Bbel disse...

Eu sempre achei que, sendo Deus onisciente, ele já saberia o que faria a serpente, que quem a criou mesmo? Bom trabalho, mocinha!!! [hahahahaha]
Às vezes, eu sinto que discorrer sobre a nossa criação é correr atrás do próprio rabo, com licença das palavras descuidadas.

Cheiros, mocinho!

Vicente disse...

muito bem, muito bem pensado...aproveito e convido para passar em http://neoliteraturaconsciente.blogspot.com/

abraço