29 de outubro de 2016

Sobre conquistas

Afinal, quais são suas conquistas?
Aquelas vitórias do seu time de futebol? Já percebeu que você não aparece como jogador nos posters do seu time? Conquistas são aquelas promoções vendidas como grandes oportunidades?
Pense em você mesmo no passado. Volte para sua infância, sua adolescência. Quais eram seus medos mais profundos? Que feridas trazia abertas? Pense nos traumas, nas rejeições, no sofrimento. Quais eram as suas falhas? Como você tratava as pessoas à sua volta? Era afável, amável? Você era honesto? Ético? Nessa fase, cultivou vícios?
Transporte-se novamente para o presente. Pense naqueles medos, traumas, falhas, vícios. Quais deles já se foram? Quais deles permanecem até hoje te assombrando nos pesadelos?
Se nada tiver mudado, ainda é tempo de lutar por conquistas pessoais mais profundas.
Se a carga do passado já foi transmutada pelo fogo da gratidão e do perdão, se aquele passado sofrido já não é mais um fardo, eis aí sua bela coleção de medalhas e troféus. Eis suas grandes vitórias.

Um comentário:

Silvino Ferreira Jr disse...

Olá, gostaria de deixar uma sugestão para os admiradores de Lima Barreto. Gravado em Londres, um vídeo com Felipe Botelho, pesquisador responsável pela publicação de 164 inéditos de Lima Barreto, no livro Sátiras e outras Subversões. Felipe é professor do King’s College London e o vídeo foi gravado no bairro de Brixton: https://www.canallondres.tv/ineditos-de-lima-barreto-em-londres/